Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Principal > Saúde e Qualidade de Vida > Cuidados com a higiene oral durante a Pandemia da Covid- 19
conteúdo

Cuidados com a higiene oral durante a Pandemia da Covid- 19

por hannah publicado 15/07/2020 07h00, última modificação 11/08/2020 16h35
Diante das recomendações da OMS de isolamento social e de aumentar os cuidados com a higiene pessoal, deve-se ficar ainda mais atento aos cuidados com a higiene oral.

Listamos algumas perguntas e respostas que podem tirar dúvidas sobre como os cuidados com a higiene bucal são importantes durante a pandemia pela COVID-19.

 

1. É possível prevenir complicações da COVID-19 com cuidados orais?

Sim! Em caso de internação hospitalar, o novo coronavírus pode causar inflamação pulmonar e abrir caminho para infecções bacterianas oportunistas, dessa forma muitas bactérias da cavidade bucal podem levar a agravos ainda piores e prognóstico ruim. Por isso orienta-se a desinfecção total da boca (fullmouthdisinfection) através da higiene bucal e cuidados com objetos de uso pessoal.

 

2. Quais os materiais necessários para a correta higiene bucal?

Escova de dentes de cerdas macias e creme dental com flúor, e a limpeza entre os dentes requer o fio dental — se houver indicação do cirurgião-dentista, pode-se complementar com o uso do enxaguante bucal. Lembrando que a escovação deve ser feita ao acordar, após as refeições e antes de dormir.

 

3. Quais os cuidados com o material de higiene pessoal, em caso de caso alguém que mora na sua casa ou você ser um caso suspeito de infecção pelo novo coronavírus ?

O ideal é que a pessoa suspeita de estar com a COVID-19 tenha um banheiro individualizado, caso não seja possível, a escova de dentes deve ficar em local separado. O creme dental, o sabonete e a tolha de rosto precisam ser individualizados.

 

4. É necessário algum cuidado antes da higiene bucal?

Sim, é importante sempre lavar as mãos até a metade do pulso e entre os dedos, por no mínimo 20 segundos.

 

5. O que fazer para evitar que a boca seja a porta de entrada pelo novo coronavírus?

Evitar colocar a mão na boca. Lembrando que o hábito de roer unhas ou morder objetos é prejudicial às estruturas orais, e além disso, aumenta muito o risco de contaminação pelo novo coronavírus.

 

6. Devo trocar ou desinfetar minha escova de dentes, caso tenha tido COVID-19?

Se você está se recuperando de uma doença, inclusive se seu teste deu positivo ou se você acredita ter tido COVID-19, é recomendável trocar sua escova de dentes. Se você não puder trocá-la, considere desinfetar a cabeça da escova para ajudar a reduzir a quantidade bactérias.

 

7. Como desinfetar a escova de dentes?

A escovas dentais e os higienizadores de língua devem ser mantidos imersos em solução desinfetante para evitar a reinfecção após cada uso. A solução desinfetante pode ser preparada com ½ de CCP a 0,05% associado a ½ de água filtrada. O CCP pode ser substituído por clorexidina (0,12%), mas nesse caso, não diluir! 

 

8. Quando devo ir ao consultório odontológico?

Apenas em caso de emergência (sangramentos não controlados e traumatismos que envolvem os ossos da face, com comprometimento das vias aéreas), ou urgência (dor de dente, fratura de dente com trauma no tecido mole bucal, cáries extensas ou restaurações com problemas que estejam causando muita dor).

 

Equipe Multiprofissional da DQVS/CQVSST/PROGEP
Contato: promosqv@progep.ufpb.br

Fontes:

http://website.cfo.org.br/sistema-conselhos-alerta-higiene-bucal-pode-ajudar-na-prevencao-de-complicacoes-da-covid-19/

https://www.ifpb.edu.br/joaopessoa/noticias/2020/04/saude-bucal-cuidados-durante-pandemia

https://saude.abril.com.br/blog/cuide-da-sua-boca/como-cuidar-da-saude-bucal-em-tempos-de-coronavirus/

https://www.colgate.com.br/oral-health/basics/threats-to-dental-health/dental-care-during-coronavirus